XANGÔ

Xa = Senhor, dirigente Angô = Raio, fogo, alma Xangô = Senhor do Raio, Senhor das Almas ou Senhor Dirigente das Almas São Jerônimo - Xângo Agodô = Rei da Cachoeira, Senhor da Justiça, Rei das Pedreiras, dos Raios e Trovões e das Forças da Natureza. São Pedro - Xângo Agajô = Protetor das Almas... Continue lendo →

Anúncios

YEMANJÁ

Deusa da nação de Egbé, nação esta Iorubá onde existe o rio Yemojá (Yemanjá). No Brasil, rainha das águas e mares. Orixá muito respeitada e cultuada é tida como mãe de quase todos os Orixás Iorubanos, enquanto a maternidade dos Orixás Daomeanos é atribuída a Nanã. Por isso à ela também pertence a fecundidade. É... Continue lendo →

OXUM

Nome de um rio em Oxogbô, região da Nigéria, em Ijexá. É ele considerado a morada mítica da Orixá. Apesar de ser comum a associação entre rios e Orixás femininos da mitologia africana, Oxum é destacada como a dona da água doce e, por extensão, de todos os rios. Portanto seu elemento é a água... Continue lendo →

HISTÓRIA DE UM CIGANO

Saudação de luz a você Amado (a), posso falar a você só o que conheço. Em relação à Linha Cigana, é importante ressaltar que não se confundam os Ciganos de Umbanda com os que agregaram a este Povo por circunstâncias da vida. Sou um Cigano no circunstancial, ou seja, minha mãe teve um relacionamento com... Continue lendo →

CIGANO RAMIRES

No dia 24 de maio de 1577, o velho cigano Bergem casou-se com a jovem cigana Gênova, formando assim, mais uma família cigana. No dia 28 de maio de 1578 nasceu a primeira filha do casal, que levou o nome de Huélva. O casal era muito feliz com sua pequena filha. Algum tempo depois, Gênova... Continue lendo →

O QUE É UM ESPÍRITO OBSESSOR ?

Para as religiões que lidam com a idéia, os espíritos obsessores seriam aqueles que perturbam as pessoas, influenciando de forma negativa seus atos. O Espiritismo os define como espíritos negativos que agem persistentemente sobre os indivíduos. Já para a Umbanda e o Candomblé, eles podem ser de dois tipos: entidades sem luz enviadas por alguém... Continue lendo →

Acima ↑