O TERREIRO DA MACUMBA

Uma luz numa arvore. – Dando agua ao bóde preto. Tomo no terreiro! Pro baixo, a terra nossa. Pro cima, o grande véo ! Lá, no lado, nossa mão, a Santa Lua ! bradava, entre os seus adeptos, “Pae Quintino”. E no terreiro, cercado de arvores, entre os blocos de pedra, sob o céo estrellado,... Continue lendo →

Anúncios

Acima ↑