Batendo cabeça para Xangô

Quantas vezes me deparei com paredes intransponíveis, quantas vezes subi as montanhas das vicissitudes e me vi só. Quantas vezes pedras afiadas machucaram meus pés e quantas vezes me vi sem saída diante de uma pedreira de tristeza, desesperança e aflição... Muitas e muitas vezes fui atingido por pedras e me transtornei, e outras tantas... Continue lendo →

SANTO ANTÔNIO NA UMBANDA

Exu quando caminha, não há caminho que se feche não há palavra que se cale, não há má ação que permaneça. Exu não faz mal gratuito, não aceita agrado nem pataco, o que lhe move é ser o agente de Justiça em nome da Lei, que é a Lei do Retorno. Quem bem age, está... Continue lendo →

SANTO ANTÔNIO NA UMBANDA

Santo Antônio nasceu em Lisboa, Portugal, e desencarnou em Pádua, na Itália. Foi discípulo de São Francisco, e como ele, desfêz-se de todos os seus bens e viveu para ajudar aos pobres e desamparados. Seu nome na verdade, era Fernando, mas ao entrar na Ordem dos Franciscanos, em 1208, trocou seu nome para Antônio (... Continue lendo →

Refazendo caminhos

RAMOS, L.D.Revista Internacional de Espiritismo , pg 13 a 15, fev 2010 Com o passar dos anos ficamos cada vez mais conscientes da necessidade de vivermos com simplicidade...Compreendemos ser este o caminho mais seguro de encontrarmos o bem estar físico e espiritual. Viver com o essencial nos dá uma sensação de liberdade e conforto muito... Continue lendo →

A Mediunidade e os seus testemunhos (o exemplo de Joana D’Arc)

Pugliese, A. Revista Internacional de Espiritismo, pag. 32 a 34, fevereiro de 2010 Segundo o escritor Hermínio Miranda, pode-se dizer que a História resulta de uma integração de homens e Espíritos de dois campos vibratórios representados pelo mundo espiritual, inexistindo uma História Humana e uma História Espiritual inteiramente autônomas; existe, isto sim, uma História entrelaçada.... Continue lendo →

O Grande Mal – a Obssessão

Hoje em dia há dezenas de bons livros que nos trazem os alertas e os ensinamentos para que não nos deixemos cair nas redes obsessivas. Sabemos que tanto podemos ser vítimas de antigos algozes de vidas passadas, como por algo que estejamos fazendo na existência presente, principalmente se estamos praticando o Bem e a Caridade,... Continue lendo →

Acima ↑